Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Destaques  >  Notícia

Consepro e Judiciário viabilizam novo veículo para Brigada Militar

Por   /   12 de junho de 2017  /   Nenhum Comentário

Felipe Keller/Reporter@afolhadosul.com.br

A Brigada Militar de Não-Me-Toque recebeu uma nova viatura na noite de quarta-feira (6), em solenidade no Ginásio Nenão. O novo veículo – Volkswagen Saveiro ano 2017 –, de acordo 1º tenente João Roberto Cardoso, será utilizado no policiamento, atendimento de ocorrência e prisões. O ato também apresentou um novo policial militar, soldado Figueira, que atuará em Victor Graeff.

O projeto para compra do veículo é do Conselho Comunitário Pró-segurança Pública (Consepro) viabilizado por doações e, também, pela inscrição do conselho no edital público do Poder Judiciário, que destina recursos para entidades. Estes recursos têm origem nas penas alternativas aplicadas pelo Poder Judiciário. Com a soma desses recursos e doações de empresas foram adquiridos uma caminhonete de R$ 58 mil reais e equipamentos: nova central telefônica com gravador e chamadas remotas; câmara fotográfica e filmadora para uso nas ocorrências.

Juiz Márcio Monteiro, promotor Leandro Bonatto, presidente do Consepro Udo Schmiedt, Coronel Jair Euclésio Ely e Tenente João Roberto Cardoso

O presidente do Consepro, Udo Werner Schimedt, informou que o conselho tem apoio financeiro de empresas, que colaboram ativamente em favor da segurança. No ano passado foi adquirida uma Amarok, além de outros projetos que beneficiaram a Polícia Militar: construção de banheiro para cadeirantes, GPS para as viaturas, e material de escritório com impressora, tintas e papel. A Polícia Civil também já foi beneficiada.

– O Consepro é proprietário dos dois veículos cedidos à Brigada Militar com contrato de comodato cedido ao Estado para uso das viaturas – esclareceu.

O juiz da comarca, Márcio César Sfredo Monteiro, explicou que as condenações nos delitos de menor potencial ofensivo possibilitam a reserva de recursos.

– O condenado pode prestar serviço comunitário ou pagamento de valores, que parte de um salário mínimo e até a capacidade econômica do réu. Não é nossa obrigação legal destinar recursos para as polícias, mas entendemos como necessário ajudar a comunidade a melhorar a segurança pública – salientou.

O prefeito Armando Roos agradeceu o Consepro, as empresas e o Poder Judiciário pela contribuição e destacou o empenho da Administração em ampliar o sistema de videomonitoramento, colocando 23 pontos de vigilância e controlando todas as saídas da cidade. O Coronel de Polícia Ostensiva do Planalto, Jair Euclésio Ely, elogiou a união das instituições que ocorre em Não-Me-Toque, dizendo que tem orgulho do trabalho da Brigada Militar na cidade.

– Contribuir com instrumentos de inteligência, como o videomonitoramento, equipamentos de georreferenciamento e central telefônica inteligente para o serviço de segurança são ações que contribuem decisivamente para garantir mais segurança à população – afirmou o Coronel.

Caminhonete Saveiro amplia frota da Brigada Militar

Demais presenças – vereador, Paulo Rodrigues (PP); promotor de Justiça, Leandro Tatsch Bonatto; Capitão do 38º Batalhão de Polícia Militar, Jarbas Luis Bohrer, integrantes da diretoria do Consepro, representante das empresas colaboradoras – Roos, Cotrijal -, secretários municipais, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Polícia Civil, soldados da BM, Acint e imprensa.

 

 

Comentários

Comentários

Tags: , , , , ,
    Imprimir       Email